FANDOM



Jonathan Small é o antagonista principal do livro O signo dos quatro. Ele é um homem com perna de pau, e seu cúmplice é seu leal amigo Tonga.

HistóriaEditar

Jonathan Small era um soldado, que durante seu serviço na Índia, um crocodilo comeu sua perna. Depois, quando ele trabalhava como guarda em Agra, três hindus apareceram e disseram que o matariam se ele não ajudasse a matar um mercador que carregava um tesouro cheio de jóias.

Small e os três homens mataram o homem, e esconderam o tesouro, fazendo um mapa e assinando como O Signo dos Quatro, fazendo uma aliança. Porém, o corpo do mercador foi encontrado, e os quatro foram presos, com Small sendo mandado para as Ilhas Andamão. Na prisão, ele conta sua história para Arthur Morstan e John Sholto.

Morstan manda Sholto investigar, mas Sholto os engana e rouba o tesouro, o levando para a Inglaterra. Num ponto de sua prisão, Small salva um pigmeu aborígene que ele chama de Tonga, que se torna leal à ele. Small e Tonga fogem da ilha, descobrem onde Sholto mora e vão até lá. Sholto, prestes a morrer, ia revelar para seus filhos onde o tesouro estava, mas ao ver a face de Small na janela, muda de ideia e morre. Em vingança, Small deixa um papel com o "Signo dos Quatro" no corpo de Sholto.

Seis anos depois, o tesouro é recuperado. Small e Tonga entram na casa e, ao ver Bartholomew Sholto, Tonga lança um dardo envenenado nele, fazendo Small ficar com raiva. Small rouba o tesouro e foge num barco, mas Sherlock Holmes o encontra. Tonga é morto por Holmes e Dr. Watson, e quando conseguem recuperar a caixa do tesouro, ela está vazia - Small jogou tudo no rio. Small conta sua história na Baker Street, e a polícia o leva.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.